Casimiro de Abreu promove palestra sobre aposentadoria e contribuição previdenciária no setor rural

Iniciativa pretende esclarecer e orientar produtores rurais da região

Com o intuito de orientar o produtor rural sobre as novas regras para a aposentadoria e o retorno do Fundo de Assistência ao Produtor Rural, o Funrural, acontece nessa quinta-feira, dia 18 de maio, uma palestra sobre aposentadoria e contribuição previdenciária no setor rural. A iniciativa é fruto da parceria da Prefeitura de Casimiro de Abreu com o Sindicato Rural. O evento é gratuito e será no auditório do Instituto de Previdência dos Servidores, IPREV, a partir das 13 horas.

Atualmente o Brasil passa por uma crise no setor previdenciário e está às vésperas de uma reforma. De acordo com o presidente do Sindicato Rural, Alexandre Viana, a palestra é uma oportunidade única da classe rural se atualizar e tirar dúvidas.

“O momento é de apreensão para todos os segmentos, inclusive o rural. O papel do Sindicato é contribuir para que os proprietários e trabalhadores rurais possam conhecer a legislação e as mudanças que estão por vir”, ressaltou o Alexandre.

Outro ponto de suma importância que será debatido na palestra é o retorno do Fundo de Assistência ao Produtor Rural, o Funrural, extinto desde 2010, e que em março de 2017, o Supremo Tribunal Federal decidiu que a cobrança é constitucional. “É importantíssima a mobilização da classe para que as mudanças não prejudiquem ainda mais os proprietários, nem tão pouco os produtores rurais”, salientou o presidente do Sindicato Rural.

A expectativa é grande e o governo municipal busca estimular o setor rural cada vez mais, fechando parcerias, oferecendo benefícios e serviços aos produtores. “Temos que fomentar a produção rural. Casimiro de Abreu tem raízes na agricultura, estimular o setor é investir na economia do município”, disse o prefeito Paulo Dames.

A palestra será ministrada pelo advogado José Roberto Tavares e terá a participação do presidente da Federação de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, Rodolfo Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *