Em Cabo Frio camarão apreendido em pesca ilegal vira prato clássico em lar para idosos

Os  idosos do Lar da Cidinha – instituição sem fins lucrativos de amparo a terceira idade em situação de risco –  no Jardim Esperança,  em Cabo Frio  tiveram, esta semana, um almoço especial e menu, um clássico da gastronomia brasileira: “Camarão com Chuchu”, prato que ganhou fama ao ser cantado em verso e prosa por um dos ícones da musica brasileira: Carmem Miranda.
A coordenadora da instituição, Maria das Dores Silva, a Dorinha,  fez questão de ir para a cozinha e preparar o prato, acompanhado também de um segundo prato a base do crustáceo: “Camarão com Macarrão ao Creme de Leite”. Ela conta que  os idosos nem acreditaram e, antes mesmo do almoço ser servido, muitos passaram pela cozinha da casa atraídos pelo cheiro do camarão e dos temperos.
— Eles adoraram, conta Dorinha.
Os camarões que fizeram a felicidade dos idosos do Lar da Cidinha foram apreendidos durante operação da Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio, com apoio da UPAM e das guarnições de Iguaba e de São Pedro da Aldeia contra a pesca ilegal na Lagoa de Araruama. A operação, semana passada, resultou na apreensão de três redes de arrasto e uma “trolha” , um tipo de rede artesanal, com 60 metros de comprimento no Canal Palmer e na  nas proximidades do Shopping da cidade. Quatro pessoas foram detidas e liberadas após pagamento de fiança. As redes foram encaminhadas para incineração e a “trolha” ficou em posse da GMA.
A operação apreendeu também, cerca de 10 quilos de camarão que foram doados para o Lar da Cidinha. A doação, apesar de anunciada na semana passada, chegou a instituição apensas na segunda-feira, devido ao feriado prolongado pelo 7 de setembro e fez a alegria dos idosos.
O Lar da Cidinha aceita todos os tipos de doações, desde alimentos a material de limpeza já que não recebe qualquer ajuda financeira do governo. A prefeitura de Cabo Frio  colabora com o Lar da Cidinha cedendo funcionários e a instituição vive do apoio e da ajuda da sociedade.
O clássico “Camarão com Chuchu”, ganhou fama com um samba composto em 1940  por Luiz Peixoto e Vicente Paiva. “Disseram que Voltei  Americanizada”,  foi feita especialmente para Carmen Miranda . O samba era uma resposta aos críticos que  acusavam a cantora dede ter perdido a brasilidade depois de conquistar  Hollywood e os americanos com seus “balangandãs”.
O samba rebate as críticas da época a cantora: “Disseram que eu voltei americanizada/ Com o burro do dinheiro /Que estou muito rica/ Que não suporto mais o breque do pandeiro/ E fico arrepiada ouvindo uma cuíca
Disseram que com as mãos Estou preocupada/ E corre por aí/Que eu sei certo zum zum/ Que já não tenho molho, ritmo, nem nada/ E os balangandãs já “nem” existe mais nenhum
Mas pra cima de mim, pra que tanto veneno/ Eu posso lá ficar americanizada/ Eu que nasci com o samba e vivo no sereno/ Topando a noite inteira a velha batucada/ Nas rodas de malandro minhas preferidas.
Eu digo mesmo eu te amo, e nunca “I love you” Enquanto houver Brasil/ Na hora da comidas/ Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu.
O jornal O Sol preparou uma receita com o passo a passo para quem  quer aproveitar e experimentar essa iguaria brasileiríssima, mas não se esqueça, pelo menos na Região dos Lagos, a pesca do Camarão  está proibida até 30 de outubro.
INGREDIENTES
· 750 g de camarões pequenos
· 2 colheres (sopa) de suco de limão
· Sal e pimenta do reino a gosto
· 4 colheres (sopa) de azeite
· 1 cebola média picada
· 1 dente de alho picado
· 3 tomates grandes picados, sem pele e sem sementes 1/2 pimenta vermelha picadinha
· 2 chuchus médios descascados e cortados em cubinhos 250 ml de água quente (para pingar, se necessário)
· 2 colheres (sopa) de coentro picado.
MODO DE PREPARO
· Numa tigela, tempere os camarões pequenos descascados, limpos, lavados e escorridos com limão, sal e pimenta do reino a gosto. Reserve.
· Numa panela em fogo médio, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho por aproximadamente 5 minutos. Junte o camarão temperado e refogue por mais 2 minutos. Retire o camarão da panela (para ele não emborrachar) e reserve-os.
· Dica: coloque os camarões numa peneira para retirar o excesso de caldo que se forma e volte o caldo para a panela.
· Na mesma panela, com caldo do camarão que se formou, em fogo médio, junte os tomates, a pimenta vermelha e os chuchus. Acerte o sal.
· Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo de 12 a 15 minutos (se necessário vá pingando água quente aos poucos para não queimar o chuchu).
· Acrescente o camarão refogado reservado e o coentro picado.
Sirva a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *